Última Publicação:

Há notícias que sempre me deixam feliz (2)


Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas (Cites)... decidiu:
Cadáveres de tubarões e as respectivas mutilações


Finalmente, diga-se em abono da verdade...

Tubarão de pontas brancas
Declarada a proibição do comércio e caça de 5 espécies de tubarões. Incluiu, igualmente nesta decisão a protecção ao abrigo da lei, a manta. Tendo em conta que a loucura com o homem caça estes espécimes, esta deicsão apesar de tardia vem no mínimo minimizar o rápido decréscimo de exemplares vivos destas espécies de tubarões. Sabemos através da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) que cerca de 100 MILHÕES de tubarões são caçados por ano. É um número que assusta qualquer pessoa que defenda minimamente o direito à vida. O que mais intristece é que mesmo assim a participação dos paises na defesa desta lei ainda está longe de provar que o ser humano é merecedor de respeito e consideração... dos 138 paises participantes em votação, entre 39 e 42 votaram contra a lei, e 4 a 8 absteram-se... a maioria deles paises ASIÁTICOS (como o Japão e a China) e aliados AFRICANOS, alegando que a Cites não tinha capacidade para decidir e que esta deveria ser uma prerrogativa das organizações de pescas (só pode ser uma piada de mau gosto!).
Tubarão-martelo


Raia-manta

As espécies agora protegidas (infelizmente só com ínicio efectivo daqui a 18 meses quando for confirmada em reunião plenária) são: o Tubarão de pontas-brancas (galha-branca-oceânico), 3 espécies de tubarões-martelo, tubarão-sardo, e duas raias-manta; tanto a oceânica como a do recife).

Esta decisão agora tomada no dia 14 deste mês, na reunião trianual da 16 ª. Convenção das Nações Unidas sobre o ambiente - neste caso na dependência do CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção) -, vêm mais uma vez levantar a questão directa dos interesses dos países e das suas políticas económicas e dos lobbies instituidos sobreporem ao dever colectivo e ao direito internacional. Desta vez, foi graças à intervenção de ONG brasileiras que foi possível aprovar, quanto mais não seja para servir de fundamento jurídico, o registo destas espécies no Anexo II de Cites, ao abrigo da responsabilidade ONU.
mesmo sabendo nós que avinculação só se torna efectiva daqui a 18 meses e este elemento é apenas e somente um instrumento de pressão... pois não vai demover, como os próprios representantes dos países não alinhados com esta decisão já fizeram saber; que a caça agora ilegal dificilmente será controlada e que o comércio de tubarões será praticamente impossível de travar... apesar de, por exemplo, países como a China... "grande defensor mundial da vida animal????", dizer com clareza que está empenhada em combater o comércio ilegal.
Para grande infortúnio do planeta, da natureza, da biodiversidade e da vida animal; no fundo de todos nós um dia... A HIPOCRISIA DOS HOMENS NÃO TEM LIMITES. 


Sem comentários:

Enviar um comentário

AGRADECIMENTOS

Este Blog tem como finalidade a divulgação de uma mensagem que nos lembre a todos nós o quanto é possível fazer para defender seres que precisam da nossa protecção. Quer aceitemos quer não, somos os principais culpados por os animais sofrerem com o nosso comportamento.



Quero agradecer a todos aqueles que por razões diversas vejam fotos da sua autoria e ideias ou estudos dos quais as minhas investigações foram alvo e não se encontrem citados. Caso seja primordial essa referência para eventuais pessoas ou organizações que se sintam mais lesados desde já solicito essa indicação que de pronto farei as respectivas correcções que venham a ser solicitadas. Estes usos foram feitos sempre em nome de um alerta e de ajuda à divulgação de uma causa, por isso nunca com qualquer pretensão de apropriação, mas sim também para dar à mensagem mais consistência e valor nos temas visados.



Pesquisar neste blogue

O Último Reduto - "Nasci Para Ser Selvagem" Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Imagens de temas por Nikada. Com tecnologia do Blogger.
Published By Gooyaabi Templates