Última Publicação:

Há notícias que sempre me deixam feliz (3)



SUCESSO? VAMOS DIZER QUE SIM...

Success? We Want To Say Yes ...

O Lince-Ibérico... a história continua!
Para minha satisfação, como acredito para muita gente, as notícias não podiam ser melhores. Perante o quadro dramático desta espécie que nos é tão especial, criticamente ameaçada de extinção, qualquer informação que nos dê um pouco de esperança quanto à sua evolução enquanto sobrevivência da espécie é sempre uma grande notícia.
Li recentemente, uma notícia que dizia, de forma bem optimista, que... "O Lince Ibérico está de volta!"
A informação é vinculada pelo CNRLI (Centro Nacional de Reprodução do Lince Ibérico) de Silves, nas palavras do seu Director, Rodrigo Serra (que vem desenvolvendo o excelente trabalho juntamente com a sua equipa).
Sabemos agora que, as 17 crias nascidas já este ano no CNRLI, sobrevivem, o que de acordo com os indicadores existentes, é uma situação bastante rara. Quer dizer que das 7 fêmeas, 6 grávidas, houve 5 partos que resultaram em 17 crias. É um dado magnífico. Em termos estatisticos, falamos de uma média 3.4 crias por parto. Outro indicador muito favorável: eram raros os casos de partos com 4 crias; a informação fala até ao momento 4 registados o ano passado de 2012, e 2 este ano. E um recorde incomum; o primeiro parto de 5 crias, todas vivas até hoje.
Dois Linces Ibéricos libertados em 2013, na zona de Guarrizas em Espanha
A juntar a este exito, temos ainda um elemento determinante para o futuro. Foram recolhidos 3 embriões da Fêmea Azahar (de que já dei conta em notícias anteriores, dada a sua situação clinica como reprodutora) para o projecto de inseminação.

Jazz e Joaninha foram libertados em Junho de 2013 na Andaluzia,
depois de terem nascido em 2012 no CNRLI, em Silves


Destas crias nascidas, estamos informados que 15 delas estarão a ser preparadas para virem a ser soltas num futuro próximo. Tal como já haviam sido outras 11 nascidas no Vale Fuzeiros em S. Bartolomeu de Messines, também no concelho de Silves e libertadas em 2013 na Andaluzia, dessas 10 estão vivas e apenas uma morreu, provavelmente morta pelo homem.
Ao ritmo da introdução de cerca de 50% das crias nascidas na natureza, os dados podem se inverter a médio prazo quanto à frágil condição e critica situação de vulnerabilidade da espécie.


A boa notícia continua...
Sabemos que pelo menos 19 animais já foram libertados e reintroduzidos na Natureza. O programa de conservação do Lince Ibérico acabou por colocar 2 dessas crias nascidas nos centros dos dois países (Portugal e Espanha) em Donãna, outros 10 em Guarrizas, e por fim 7 em Guadalmellato, todos estas zonas de repovoamento fazem parte da Andaluzia.

Em termos de resumo, este ano os dados são louváveis, 44 das 53 crias nascidas nos 4 centros do programa de conservação do Lince em ex-situ (fora do seu meio natural e controlada por especialistas). se tivermos em consideração que provavelmente ainda que sem dados concretos, 40 delas possam vir a ser libertadas no projecto de reintrodução, então o número calculado em liberdade de 309, pode subir em cerca de 13%, que seria fundamental e determinante para diminuir o indice de ameaça desta espécie de felino (um icon na nossa Peninsula Ibérica) elevando ainda mais a possibilidade da dispersam genética do Lince nos delimitados espaços geográficos onde sobrevive.
Em Doñana 2013, uma raridade

Sem comentários:

Enviar um comentário

AGRADECIMENTOS

Este Blog tem como finalidade a divulgação de uma mensagem que nos lembre a todos nós o quanto é possível fazer para defender seres que precisam da nossa protecção. Quer aceitemos quer não, somos os principais culpados por os animais sofrerem com o nosso comportamento.



Quero agradecer a todos aqueles que por razões diversas vejam fotos da sua autoria e ideias ou estudos dos quais as minhas investigações foram alvo e não se encontrem citados. Caso seja primordial essa referência para eventuais pessoas ou organizações que se sintam mais lesados desde já solicito essa indicação que de pronto farei as respectivas correcções que venham a ser solicitadas. Estes usos foram feitos sempre em nome de um alerta e de ajuda à divulgação de uma causa, por isso nunca com qualquer pretensão de apropriação, mas sim também para dar à mensagem mais consistência e valor nos temas visados.



Pesquisar neste blogue

O Último Reduto - "Nasci Para Ser Selvagem" Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Imagens de temas por Nikada. Com tecnologia do Blogger.
Published By Gooyaabi Templates